domingo, 14 de outubro de 2012

Ouça a música "Ó EBSERH! Vê se Larga do meu Pé" e assista o vídeo!


Fonte: osaciperere.wordpress.com

Agora existe uma música contra a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH!

Foi composta e gravada por Márcio Amaral, que, entre outras coisas, é vice-diretor do Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro - IPUB-UFRJ e professor da Faculdade de Medicina da mesma Universidade.


Para fazer download da música (baixar) e poder ouvir, clique aqui

Segue a letra da música:


Ó EBSERH! VÊ SE LARGA DO MEU PÉ 
(ou "Visite a EBSERH/Piauí antes que ela acabe")

Por Márcio Amaral

(Refrão)
Ó EBSERH, Ó EBSERH! 
Vai cuidar dos seus negócios
E vê se larga do meu pé.
Na EBSERH, na EBSERH!
Até quem acreditou
Não tá mais levando fé
...
Sua conversa por aqui ninguém suporta,
Pois é cheia de mentira, de KAÔ e de lorota
Lá Fundão vai bater co' a cara na porta
Vai ficar no olho da rua! Esquece a UFRJ!
...
Em Niterói o povo quer de seu hospital
Que atenda só o SUS, por inteiro e total
A gente é forte, não se entrega, nem tem medo...
Você vai ficar na sua, e "tira a mão" do Antônio Pedro
... 
Ó EBSERH! Ó EBSERH...
...
Em todos os bairros, inclusive na Tijuca
Toda gente agora sabe qu'a EBSERH é uma arapuca
Que privatizar vai fazer o povo "sofrê",
Por isso foram para rua prá lutar pelo Gaffrée
...
No Paraná, a EBSERH está perdida,
Pois com ela, todos sabem, a saúde "tá vendida"
Em todo o Brasil, 'stão caindo aqui e ali...
Eu acho que a EBSERH vai ficar só no Piauí
Ó EBSERH! Ó EBSERH

*Recado do compositor:
"Aos piauienses, peço que me compreendam, da mesma maneira que tentei compreender o fato de terem assinado o contrato diretamente com a EBSERH. É até natural, pois não têm sequer um HU. A brincadeira lá em cima era irresistível. Sempre detestei ouvir a conhecida brincadeira de mau gosto. No caso, entretanto, vamos fazer tudo o que está ao nosso alcance para que se torne verdade o desaparecimento da EBSERH".

Para aproveitar ainda mais a música, o companheiro Alexandre de Farias (UNIRIO) montou o vídeo abaixo, para facilitar a divulgação. É só clicar no vídeo para ver:



Nenhum comentário:

Postar um comentário